Morre o fundador da TAF Linhas Aéreas

Pioneiro da aviação cearense, o comandante Ariston Pessoa morreu ontem em Fortaleza. Como piloto particular, voou por mais de 50 anos transportando autoridades e empresários. Em 1957, fundou a Táxi Aéreo Fortaleza (TAF) que hoje faz voos fretados

O fundador e diretor executivo da empresa Táxi Aéreo Fortaleza (TAF), comandante João Ariston Pessoa de Araújo, morreu ontem em Fortaleza. O empresário, que tinha 75 anos, lutava contra um câncer há cinco meses e faleceu em casa, segundo informações da assessoria executiva da companhia.

Empreendedor, o comandante Ariston Pessoa tornou-se piloto particular com poucos anos de profissão e em 1957 fundou a Táxi Aéreo Fortaleza (TAF). No ano de 1995, o comandante inseriu a TAF Linhas Aéreas como empresa regional de passageiros e cargas. Em 2010, essa empresa deixou de operar e apenas a Táxi Aéreo Fortaleza continuou a atuar no serviço de táxi aéreo. Hoje a companhia que tem aeronaves de pequeno e grande porte, incluindo três helicópteros, tem contratos com a Casa Civil do Governo do Estado do Ceará, Unimed Fortaleza e Assembleia Legislativa, e também realiza voos fretados para qualquer parte do mundo, de acordo com a assessoria executiva.

Apaixonado pela aviação, o comandante voou por mais de 50 anos e desbravou o Ceará em voos pioneiros para as cidades de Iguatu, Sobral, Crateús, Juazeiro do Norte e para a vizinha cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte. Além da TAF se orgulhava de ter preparado os filhos Joaquim Irineu de Araújo Neto e Ariston Filho para suscedê-lo nos negócios. Há alguns anos os dois já estavam a frente da empresa.

Desde a fundação, a TAF presta serviços ao Governo do Estado e órgãos públicos, transportando autoridades. A TAF foi precursora no serviço de cargas aéreas na Região Nordeste e por muitos anos, transportou empresários e autoridades governamentais. Entre elas o governador Virgílio Távora. Em 1995, iniciou as operações da TAF Linhas Aéreas, como empresa regional de passageiros e cargas. A empresa fez voos para a Guiana Francesa. A partir de 2000, passou a operar com aeronaves próprias para serviços de fretamento de carga e passageiros. O comandante Ariston nasceu em Cascavel. Seu corpo foi sepultado ontem à noite no Cemitério Jardim Metropolitano.

Fonte:O Povo
Autor:Redação

Fonte: Link