A cultura do microsseguro

Breno Kor *

Atualmente discutimos muito sobre o funcionamento do microsseguro, sobre os produtos que integrarão este mercado, sua comercialização, os meios de cobrança, os limites de capitais e custos, mas, além disso, ou talvez antes mesmo, é fundamental educar este novo consumidor. Educação é tema que preocupa não só o setor de seguros, mas toda a sociedade.
O microsseguro será vendido ou comprado? Não se trata de sofisma, pois sabemos que para ser comprado, primeiro temos que disponibilizar a sua oferta. Mas este consumidor compreende a necessidade dos produtos que serão comercializados? Campanhas de esclarecimento fazem parte da estratégia de desenvolvimento do novo mercado?
O seguro de automóveis está na mente de todo o brasileiro, pois o sinistro é materializado diariamente nos periódicos, não carece de divulgação, a propaganda só estimula a concorrência entre os participantes deste mercado. No seguro de vida a realidade é outra, existe baixo índice de compra espontânea.
No segmento de baixa renda, foco do microsseguro, o que ocorre muitas vezes é o auto seguro, a comunidade se cotiza para as despesas daqueles que não tem condições de suportar um funeral. A transferência desta prática para as seguradoras tem de ser muito bem trabalhada.
Nos seguros residenciais ocorre o mesmo, sendo assim as indenizações obrigarão a reconstrução da moradia?
Na área de saúde, produtos podem beneficiar – e muito – este novo perfil de consumidores, com seguros a base de indenização, minimizando o sofrimento de uma grande parcela da nossa população.
Integrar esta nova categoria ao mercado de seguros, além de promover o crescimento da nossa economia, deve ajudar nossa sociedade a adquirir uma cultura previdenciária, encontrada em países mais desenvolvidos.
Enfim, a divulgação do microsseguro fará um bem não somente para os consumidores deste mercado, mas para todo o nosso setor.
*Breno Kor é sócio diretor da Kor Corretora de Seguros, docente na Funenseg, diretor de marketing no Sincor RS e Acadêmico da Academia Nacional de Seguros e Previdência – ANSP.
Fonte: http://www.segs.com.br | ANSP